HISTÓRIA: protestos nus dos Filhos da Liberdade, Doukhobors

39c4cc7e-fa2a-4745-93b7-be0e6f47b1ef-A15960 - Doukhobors

Essa foto é de 1906. Trata-se do protesto de um grupo denominado Filhos da Liberdade, ou Freedomites, uma parcela mais radical dos Doukhobors, grupo religioso cristão. Os Doukhobors são originalmente russos e emigraram no final do século XIX para o Canadá, após uma onda de protestos contra o regime czarista. Entre outros fatores, os Doukhobors se recusavam a fazer parte da força armada do governo, e queimaram as suas armas em um grande protesto em 1895. Muitos Doukhobors foram mortos e torturados nesse período.

burning-of-arms

“Burning of Arms”, pintura de Terry McLean. Fonte: Doukhobor.org

Residindo no Canadá, o grupo começou a enfrentar outros tipos de barreiras com o governo local, que entre outras coisas obrigava que os Doukhobors matriculassem suas crianças em escolas canadenses, passando inclusive a cobrar multa dos pais que não o fizessem. Os Doukhobors se dividiram entre conciliadores, que buscavam uma articulação política com o governo, e radicais, como os Freedomites, ou Filhos da Liberdade.

Os Filhos da Liberdade protestavam frequentemente nus, em protestos anti-materialistas, quando era comum que queimassem seu dinheiro ou até suas próprias casas. Por vezes também seus alvos eram propriedades do governo, como as escolas que seus filhos deveriam ser obrigados a frequentar. Em um protesto em 1953, 148 adultos foram presos e 104 crianças enviadas para um internato. Posteriormente, mais crianças foram levadas à força, com denúncias graves de maus tratos. Recentemente, em 2004, o governo local fez um pedido oficial de desculpas, que não satisfez a todos.

Os Filhos da Liberdade protestavam nus porque, para eles, como Deus criou o corpo humano, ele é mais perfeito em sua nudez do que as roupas, criadas pelo trabalho imperfeito das mãos humanas. Da mesma forma, todos os outros objetos (como casa e dinheiro) afastariam o ser humano de um contato mais próximo com Deus.

1962 - Uma Doukhobor "Filha da Liberdade" observa uma casa queimando. Fonte: Montreal Gazette

1962 – Uma Doukhobor “Filha da Liberdade” observa uma casa queimando.
Fonte: Montreal Gazette

Essa é apenas uma apresentação, a situação de um povo e sua história é bem mais complexa do que pudemos apurar e sintetizar em tão poucas linhas. Quem quiser saber mais, vale ver esse documentário produzido pela National Film Board do Canadá – instituição que deveria ser referência mundial em produção de conteúdo audiovisual de qualidade. No documentário, os Filhos da Liberdade são inclusive bem criticados por outros membros da comunidade:

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s